Saber diferenciar cultura e clima organizacional é importante para compreender como alguns aspectos relacionados ao comportamento dos funcionários se desenham. Mais do que isso, é fundamental para o sucesso à longo prazo de projetos e metas que envolvam o posicionamento da empresa no mercado. Isso porque, apesar de distintos, os dois conceitos se inter relacionam. Ao mesmo tempo que a cultura organizacional serve para direcionar determinados comportamentos e desenhar diretrizes à longo prazo, o clima organizacional acaba também definindo a imagem interna e externa. Ambos são fundamentais para atrair colaboradores alinhados com essa ideia.

Antes de começarmos a refletir mais profundamente, vamos deixar claras as diferenças entre cultura e clima organizacional:

  • cultura organizacional — tem a ver com a identidade e valores da empresa, a forma como conduz os seus negócios;
  • clima organizacional — está ligado ao dia a dia, com a satisfação e engajamento dos funcionários, condições de trabalho, políticas de recompensas, liderança, processos, entre outros.

Cultura e clima organizacional: fatores determinantes

Tamanha a importância do assunto, muitos estudos acerca de cultura e clima têm se desenhado. O texto “Cultura organizacional brasileira pós-globalização: global ou local?”, dos autores Rebeca Alves Chu e Thomaz Wood Jr, reflete sobre a influência da cultura brasileira sobre a cultura organizacional. Segundo a pesquisa, essa influência se desenha principalmente de três maneiras: relacionamento com a incerteza, integração interna (incluindo hierarquias) e questões relacionadas ao espaço tempo e linguagem.

Levando em conta estes aspectos, a cultura organizacional brasileira é considerada “de elevada distância de poder, com comportamentos mais coletivistas do que individualistas e com alta necessidade de evitar incertezas.” O estudo detalha também como se desenham alguns comportamentos brasileiros como “jeitinho”, flexibilidade, plasticidade, personalismo e formalismo, que são primordiais para compreender alguns comportamentos humanos.

A observação desse conteúdo é interessante para compreendermos que estamos imersos em uma cultura e ela tem influência sobre os comportamentos dentro de qualquer empresa. No entanto, ciente dessas influências, é importante questionar-se: “quais desses comportamentos são desejáveis dentro da cultura que queremos construir e quais não são?”. Ter essa pergunta em mente é imprescindível para uma cultura organizacional bem fundamentada e consequentemente o clima adequado. Nesse caso, a cultura acaba atuando como um guia para os comportamentos dentro da empresa, portanto é necessário saber os comportamentos que são necessários para que a empresa alcance seus objetivos.

A cultura organizacional é capaz de moldar o clima?

Tanto os estudos teóricos quanto as experiências práticas indicam que sim. Aliás, esse talvez seja o maior desafio e o grande objetivo de se criar uma cultura organizacional que de fato, simbolize o que a empresa representa. O texto da autora Maria Ester de Freitas “Cultura organizacional grandes temas em debate” aponta alguns elementos citados como determinantes na cultura organizacional. Selecionamos alguns deles:

Valores

Aquilo que é importante para atingir o sucesso. Em geral são poucos, mas frequentemente enfatizados. Têm como características comuns: importância do consumidor, padrão de desempenho excelente, qualidade e inovação, importância da motivação intrínseca, etc.

Ritos, rituais e cerimônias

São atividades planejadas que reforçam a cultura. Em geral desenvolvidas pelo departamento de Recursos Humanos como admissões, promoções, integrações, etc.

Normas

Regras que determinam um comportamento esperado pelo grupo. Interessante observar que esse tipo de comportamento não necessariamente está descrito e documentado formalmente, mas deve ser compreendido por todos.

Comunicação

Pode ser usada na administração da cultura de forma positiva ou negativa, por isso deve ser alvo de constante zelo e observação.

Levando em conta estes e outros aspectos e compreendendo a diferença entre cultura e clima organizacional é provável que um acabe tendo fortes influências sobre o outro. A partir do momento que há clareza sobre os valores e a imagem que se quer passar, consequentemente as novas pessoas que se unam ao grupo estarão dispostas a integrar-se. Por isso, se sua empresa possui problemas relacionados ao clima organizacional, talvez seja interessante rever aspectos relacionados à cultura e realinhar padrões de comportamento desejados.

Caso tenha interesse de conversar mais sobre o assunto e aprimorar a cultura e clima organizacional, entre em contato conosco.