A cultura do home office está crescendo em todo o mundo, não motivado somente pela praticidade e redução de custos, mas também pela demanda dos próprios funcionários. Cada vez mais os colaboradores estão valorizando esse benefício, exigindo um esforço constante dos gestores para organização e controle das atividade e para manter a motivação das pessoas que trabalham a distância.

Confira o nosso artigo e saiba quais as vantagens de adotar o home office e aprenda como gerenciar sua equipe nesta modalidade.

Uma pesquisa realizada em 2014 pela SAP Consultoria com 200 empresas nacionais e multinacionais revela que o setor de tecnologia é um dos que mais adota práticas de trabalho remoto, chegando ao índice de 70% das empresas. Isso revela um padrão interessante nas empresas de TI, que tem como um dos principais empecilhos a rotatividade de funcionários.

Lembre-se: por se tratar de trabalhos que exigem especialização e conhecimento específico sobre determinado assunto, os prejuízos com demissões não é só financeiro, mas também exigirá um esforço para adaptar os novos funcionários à rotina de trabalho.

Como criar políticas de Home Office na minha empresa?

Criar ambiente atrativo e oferecer diferenciais para criar valorização do profissional das organizações de tecnologia estão entre os principais pontos de atenção da área de gestão de pessoas. A adoção dessa estratégia para a cultura da empresa pode ser feita de maneira gradual. É possível permitir, inicialmente, que os funcionários escolham um dia por mês para realizar o trabalho de casa. No mês seguinte, aumente a frequência para duas vezes por mês e analise os resultados.

A cultura organizacional da empresa é a base para uma boa aplicação de políticas de home office. Jussamara Ferreira, coordenadora de Gestão de Pessoas na Way2 Tecnologia, revela que a prática de trabalho remoto adotada pela organização é eficiente e muito elogiada pelos colaboradores, sendo capaz de aumentar a produtividade e engajamento do time. “De todos os benefícios que oferecemos o home office e  o horário flexível são os mais valorizados pelos nossos profissionais. Estamos falando de uma geração de colaboradores, que estabelecem novas relações com as organizações. É necessário estarmos sensíveis para entendermos esses movimentos e propormos ações para alinhar a cultura e o que os colaboradores valorizam”, conta. Por quatro anos consecutivos, a Way2 está no Ranking das melhores empresas para se trabalhar em SC. Em 2017 entrou para o ranking nacional de TI e mantém o título para este ano.

Para que a estratégia funcione, é preciso estabelecer regras para que o colaborador possa fazer uso do benefício, como ter uma boa conexão com a internet e um ambiente organizado, bem iluminado e livre de distrações constantes. O contato com o time é uma das essências das empresas de tecnologia, pois promove a troca de ideias e a colaboratividade para criar e executar projetos. Nesse sentido, é possível incentivar o contato remoto através de plataformas online que possibilitam a troca de informações e criação e coletiva dos trabalhos, como:

  • G Suite;
  • Hangouts;
  • Skype;
  • Appear In.

Dependendo do tamanho da empresa, é mais vantajoso dar poder às coordenadorias de cada equipe para que possam avaliar a viabilidade de liberar o home office e para que possam medir a produtividade da equipe. Neste caso, é necessário validar com o setor de RH para alinhar as estratégias e manter uma comunicação interna eficiente. Estabeleça e deixe bem claro para os colaboradores as regras para a jornada de trabalho remoto. Se achar necessário, solicite para que os funcionários que aderirem ao home office façam um relatório periódico das atividades realizadas e as dificuldades que encontraram.

Além disso, a empresa deve continuar prezando por manter um ambiente agradável e que permita a socialização e descontração entre os colaboradores. Uma política de home office, mesmo que opcional, pode culminar no isolamento de alguns colaboradores e gerar efeitos reversos, como desmotivação e queda de produtividade.

Gostou no nosso conteúdo? Compartilhe suas impressões, ideias, sugestões ou dúvidas nos comentários. Confira nosso Blog para ficar por dentro dos principais assuntos sobre recursos humanos e gestão de pessoas nas empresas de TI.