O People Analytics é o novo processo que está reinventando o setor de gestão de pessoas e recursos humanos das empresas. O conceito une a variedade de informações do Big Data aos processos de RH para facilitar as rotinas de trabalho e aumentar a produtividade dos funcionários. Com ele é possível criar estratégias amplas para a gestão dos colaboradores.

Utilizado para aumentar a satisfação dos colaboradores e o engajamento do time com a empresa, o People Analytics consiste em coletar, estruturar e analisar dados e informações sobre os funcionários e o comportamento da equipe. Esse processo tem se tornado cada vez mais importante para identificar padrões e tendências de comportamento a fim de tornar os profissionais proativos e motivados.

people analytics

Transformar o ambiente de trabalho em um local mais inclusivo, colaborativo e engajado é uma das principais necessidades das empresas. A produtividade dos funcionários sempre foi uma das maiores preocupações em qualquer setor, mas hoje existem diferentes métodos para engajar o time e torná-lo mais produtivo.

Como falamos em diversos post aqui no Blog, a chegada dos Millennials no mercado de trabalho é a principal razão para pensar na modernização de processos de RH, tendo em vista que o perfil desse trabalhador é caracterizado pelo rápido descontentamento com o local de trabalho, principalmente ligado à estagnação.

A implementação de processos que tenham foco na análise de pessoas pode contribuir para que os funcionários se tornem mais:

  • eficientes;
  • felizes;
  • criativos;
  • especialistas;
  • líderes;
  • seguidores.

O método de People Analytics consiste em utilizar menos a opinião das pessoas para dar espaço à dados concretos, informação e indicadores de produtividade para a criação de estratégias mais eficazes de engajamento.

Por que adotar o People Analytics?

Uma pesquisa divulgada em 2017 pela Deloitte revela que 79% dos executivos de todo o mundo passaram a priorizar a agilidade nos processos de gestão de desempenho. Essa tendência reforça uma visão global de olhar para dentro da companhia, preocupando-se com as pessoas que trabalham nela.

Atualmente, as empresas não são avaliadas apenas pelo desempenho financeiro, mas sim pelas suas atitudes. Se analisarmos financeiramente, a Netflix acumula uma grande quantia em dívidas, mas se fortaleceu no mercado por se posicionar como uma empresa que pensa diferente, e, antes de tudo, na cultura organizacional e nos colaboradores. Valorizando o comportamento e as habilidades dos seus funcionários, a empresa foi capaz de se destacar no mercado e atrair uma verdadeira legião de admiradores.

De certa forma, o People Analytics consiste em compreender que os funcionários são o recurso mais valioso das empresas e, por este motivo, se preocupar em medir os comportamentos e ações para entender quais suas motivações e anseios.

É possível identificar a necessidade de implementar o People Analytics em sua empresa quando há baixo engajamento, índices de rotatividade elevados e quando a produção e as entregas começam a decrescer. Você pode coletar dados de uma série de fontes. Entre elas:

  • software de gestão de trabalho;
  • mídias sociais;
  • pesquisas internas.

Histórico de navegação dos browsers, a linguagem adotada nas redes sociais e nas mensagens e até mesmo os registros de e-mails são algumas das fontes digitais que podem servir como fonte para coleta de dados para iniciar o processo de People Analytics. Depois de coletados, essas informações são organizadas em um software de gestão, permitindo cruzamento de dados e análises mais estruturadas.

O processo pode ser utilizado para enfrentar desafios nos processos de gestão da organização, como nas decisões de contratação, desligamento, treinamento e retenção dos profissionais. Outro fator é que este método pode ajudar a equalizar as tarefas entre os profissionais e as equipes, mapeando gargalos de produtividade para distribuir as atividades.

Gostou no nosso conteúdo? Compartilhe suas impressões, ideias, sugestões ou dúvidas nos comentários. Confira nosso Blog para ficar por dentro dos principais assuntos sobre recursos humanos e gestão de pessoas nas empresas de TI.